Polos de Inovação Tecnológica

Publica√ß√£o: 14/11/2011 √†s 17:23   Atualiza√ß√£o: 04/03/2015 √†s 11:52

No Estado, há 23 Polos de Inovação Tecnológica já institucionalizados:

 

1. Região: Alto Jacuí

Nome: Polo de Modernização Tecnológica do Alto Jacuí

Unidades Executoras: Fundação Universidade de Cruz Alta (UNICRUZ)

Áreas de atuação: Biologia em agropecuária

 

2. Região: Campanha

Nome: Polo de Modernização Tecnológica da Campanha

Unidades Executoras: Universidade da Região da Campanha (URCAMP)

Áreas de Atuação: Carboquímica e Mineração

 

3. Região: Central

Nome: Polo de Modernização Tecnológica da Região Centro

Unidades Executoras: Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)

Áreas de atuação: Agropecuária Industrial, Engenharia e Saúde.

 

4. Região: Campos de Cima da Serra

Nome: Polo de Inovação Tecnológica Campos de Cima da Serra

Unidades Executoras: Universidade de Caxias do Sul (UCS), Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (UERGS) e Fundação Estadual de Pesquisa Agropecuária (FEPAGRO).

Áreas de atuação: Agroindústria, Agropecuária, Desenvolvimento Industrial, Turismo e Meio Ambiente.

 

5. Região: Centro Sul

Nome: Polo de Modernização Tecnológica da Região Centro-Sul

Unidades Executoras: Faculdade de Formação de Professores e Especialistas de Educação (FAFOPEE), Faculdade Camaqüense de Ciências Contábeis e Administrativas (FACCCA) e Universidade Luterana do Brasil (ULBRA).

Áreas de atuação: Agroindústria

 

6. Região: Fronteira Oeste

Nome: Polo de Modernização Tecnológica da Fronteira Oeste e Núcleo de Inovação Tecnológica de Alegrete

Unidades Executoras: Pontifícia Universidade do Rio Grande do Sul (PUCRS), Universidade da Região da Campanha (URCAMP), Fundação Maronna e Escola Agrotécnica Federal de Alegrete.

Áreas de atuação: Psicultura, Hortigranjeiros com Plasticultura e Desenvolvimento da Bacia Leiteira.

 

7. Região: Fronteira Noroeste

Nome: Polo de Desenvolvimento Científico e Tecnológico da Fronteira Noroeste

Unidades Executoras: Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (UNIJUI)

Áreas de atuação: Metalmecânica, Tecnologia de Alimentos, Construção Civil.

 

8. Região: Litoral

Nome: Pólo de Modernização Tecnológica da Litoral Norte

Unidades Executoras: Universidade Luterana do Brasil (ULBRA – Torres), Universidade do Estado do Rio Grande do Sul (UERGS – Cidreira), Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS – Imbé), Universidade de Santa Cruz do Sul (UNISC – Capão da Canoa), Fundação Estadual de Pesquisa Agropecuária (FEPAGRO) e Faculdades Cenecistas de Osório (FACOS).

Áreas de atuação: Agropecuária, Agroindústria, Indústria de Malhas e Confecções, Indústria Moveleira, Meio Ambiente, Pesca e Aquicultura, Tecnologia da Informação, Suporte Científico e Tecnológico ao Turismo

 

9. Região: Médio Alto Uruguai

Nome: Pólo de Modernização Tecnológica do Médio Alto Uruguai

Unidades Executoras: Fundação Regional Integrada (FURI), Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI – Frederico Westphalen).

Áreas de atuação: Agroindústria, Agropecuária e Mineralogia.

 

10. Região: Missões

Nome: Polo de Modernização Tecnológica das Missões

Unidades Executoras: Fundação Regional Integrada (FURI) e Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI – Erechim).

Áreas de atuação: Engenharia de Projeto de Produtos, Energia e Meio Ambiente, Processos de Informatização Industrial, Diversificação Agropecuária e Qualidade Industrial.

 

11. Região: Nordeste

Nome: Polo de Inovação Tecnológica da Região Nordeste

Unidades Executoras: Universidade de Passo Fundo (UPF), Universidade de Caxias do Sul (UCS) e Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI – Erechim).

Áreas de atuação: Agroindústria, Agropecuária, Indústria de Transformação e Meio Ambiente.

 

12. Região: Noroeste Colonial

Nome: Polo de Desenvolvimento Científico e Tecnológico da Região Noroeste Colonial

Unidades Executoras: Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (UNIJUI).

Áreas de atuação: Agropecuária, Eletroeletrônica, Informática, Metalmecânica.

 

13. Região: Norte

Nome: Polo de Modernização Tecnológica do Norte

Unidades Executoras: Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI – Erechim).

Áreas de atuação: Agropecuária, Tecnologia de Alimentos, Energia e Meio Ambiente e Desenvolvimento Industrial.

 

14. Região: Paranhana Encosta da Serra

Nome: Polo de Inovação Tecnológica do Vale do Paranhana/Encosta da Serra

Unidades Executoras: Faculdades Integradas de Taquara (FACCAT).

Áreas de atuação: Meio Ambiente, Automação e Informática.

 

15. Região: Produção

Nome: Polo de Desenvolvimento Científico e Tecnológico em Alimentos e Metalmecânica

Unidades Executoras: Universidade de Passo Fundo (UPF)

Áreas de atuação: Alimentos e Metalmecânica.

 

16. Região: Serra

Nome: Polo de Modernização Industrial da Região da Serra

Unidades Executoras: Fundação Universidade de Caxias do Sul (FUCS)

Áreas de atuação: Mecatrônica e Qualidade, Metrologia e Análise, Móveis, Agroindústria e Plásticos.

 

17. Região: Sul

Nome: Polo de Modernização Tecnológica do Litoral Sul - Setor Pesqueiro

Unidades Executoras: Universidade Federal de Rio Grande (FURG)

Áreas de atuação: Pesqueira

Nome: Polo de Alimentos

Unidades Executoras: Universidade Federal de Pelotas (UFPEL)

Áreas de atuação: Alimentos

Nome: Polo de Modernização Industrial

Unidades Executoras: Universidade Católica de Pelotas (UCPEL)

Áreas de atuação: Pesqueira, Alimentos e Desenvolvimento Industrial.

 

18. Região: Vale do Taquari

Nome: Polo de Modernização Tecnológica do Vale do Taquari

Unidades Executoras: Universidade Integrada do Vale do Taquari de Ensino Superior (UNIVATES), Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e Fundação de Ciência e Tecnologia (CIENTEC).

Áreas de atuação: Qualificação laboratorial, Alimentos, Produção primária.

 

19. Região: Vale do Rio Pardo

Nome: Polo de Modernização Tecnológica do Vale do Rio Pardo

Unidades Executoras: Universidade de Santa Cruz do Sul (UNISC)

Áreas de atuação: Alimentos, Materiais e Meio Ambiente.

 

20. Região: Vale do Rio dos Sinos

Nome: Polo de Inovação Tecnológica do Vale do Rio dos Sinos

Unidades Executoras: Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS), Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (UERGS), Universidade Feevale (FEEVALE), Centro Universitário Lasalle (UNILASALLE) e Fundação Escola Técnica Liberato Vieira da Cunha.

Áreas de atuação: Automação e Informática, Meio Ambiente e Biotecnologia, Couro e Calçados, Agropecuária e Agroindústria, Design, Energia e Telecomunicações.

 

21. Região: Vale do Caí

Nome: Polo de Inovação Tecnológica do Vale do Caí

Unidades Executoras: Universidade de Caxias do Sul (UCS) e Universidade de Santa Cruz do Sul (UNISC).

Áreas de atuação: Cerâmica, Floricultura, Fruticultura, Moveleira e de Combustíveis Renováveis (Carvão Vegetal).

 

22. Região: Vale do Jaguarí

Nome: Polo de Inovação Tecnológica do Vale do Jaguarí e Núcleo de Desenvolvimento Tecnológico de Santiago.

Unidades Executoras: Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI – Santiago).

Áreas de atuação: Agropecuária Industrial, Engenharia e Saúde

 

23. Região: Alto da Serra do Botucaraí

Nome: Polo de Modernização Tecnológica do Alto da Serra do Botucaraí

Unidades Executoras: Universidade de Passo Fundo (UPF)

Áreas de atuação do Polo: Alimentos e Metalmecânica.

 

Mais informações em www.sdect.rs.gov.br

SLI - Sala do Investidor

Av. Borges de Medeiros, 1501 - 16¬ļ Andar - Porto Alegre/RS

CEP: 90119-900

Fone: +55 51 3288.6574

Siga-nos!

  • Twitter
  • Facebook
  • Youtube
  • Sharethis
  • Linkedin
  • RSS
  • Mais

SALA DO INVESTIDOR DO RIO GRANDE DO SUL

Desenvolvido pela PROCERGS    |    Termos de Uso